Digite sua busca

Fechar

Centro de Descarte e Reúso de Resíduos de Informática (CEDIR)

O Centro de Descarte e Reúso de Resíduos de Informática (CEDIR) tem como objetivo implementar práticas de reuso e descarte sustentável de resíduos eletrônicos, como bens de informática e telecomunicações obsoletos. Trata-se de programa pioneiro de tratamento desses resíduos em órgão público e em instituição de ensino superior, alinhado com as diretrizes mundiais de sustentabilidade definidas pela ONU no World Summit 2005, satisfazendo requisitos ambientais, sociais e econômicos.

O plano piloto do CEDIR foi desenvolvido no Centro de Computação Eletrônica (CCE) em junho de 2008, pelos próprios servidores técnicos e administrativos da Unidade. A chamada “Operação Descarte Legal” resultou na coleta de aproximadamente 5,2 toneladas de peças e equipamentos de informática obsoletos.

Equipamento em manutenção no CEDIR

Inaugurado em 17 de dezembro de 2009, o CEDIR tem capacidade de depósito para categorização, triagem e destinação de 500 a mil equipamentos por mês. Como resultado da sua operação, garante-se que os resíduos de informática da USP e de pessoas físicas externas passem por processos que impeçam o seu descarte na natureza e possibilitem o seu reaproveitamento na cadeia produtiva. Os equipamentos e peças que ainda estiverem em condições de uso são avaliados e enviados para projetos sociais, atendendo, assim, a população carente no acesso à informação e à educação. No final de sua vida útil, esses equipamentos devem ser devolvidos à USP, para que sejam encaminhados para a destinação ambiental adequada.

Em 2010, o campus Luiz de Queiroz, em Piracicaba, inspirado no programa do campus da Capital, criou o CEDIR/CIAGRI, com o mesmo intuito, a destinação correta dos resíduos eletrônicos.